Sentimentos de raiva, de ódio (Chico Xavier)



Estamos encarnados na Terra, espíritos imortais que somos, para nos humanizarmos, de modo que todo processo de ódio ou de cólera é reminiscência de nossa vida animal. 
Vida animal que estamos deixando pouco a pouco, através de nosso burilamento. 
Então, é possível que tenhamos raiva ou que tenhamos ódio, é possível, sem termos direito para isso. 
Porque o ódio que sentirmos ou a cólera que alimentemos recai sempre sobre nós, no sentido de doença, de abatimento, de aflição e só pode causar mal, já que deixamos, há muito tempo, a faixa da animalidade para entrarmos na faixa da razão.
Somos criaturas humanas e por isso devíamos sentir a verdadeira fraternidade de uns para com os outros, sem possibilidade de nos odiarmos, porque os irmãos verdadeiros nunca se enraivecem, uns com os outros.
(Chico Xavier)

(Fonte: Revista Espírita "Informação" - nº 116)



Posts mais visitados recentemente